Crismeri Delfino

O contexto atual mostra que o novo trabalho trouxe arrastado uma nova liderança.

Quanto tempo era falado de um líder que oportunizasse maior autonomia e espaço de criatividade para sua equipe não usando do controle e comando, mas isso somente foi possível frente a pressão de uma pandemia que enalteceu  a importância dos softwares e de robôs combinados com os algoritmos,  dando lugar a um trabalho mais ágil e remoto. Mas não há trabalho sem humanos, pois os robôs apenas agilizam tarefas e rotinas, não encantam e nem fazem o coração bater das pessoas. A certeza é que cada vez que colocamos a tecnologia no mesmo patamar do humano, diminuímos nossa capacidade humana de sentir e reagir.

A pandemia  permitiu as pessoas analisarem a relação com o seu trabalho, oportunizou revisitar que tipo de trabalho é significativo para seu cotidiano e onde gostariam de gastar o tempo da sua vida.

Hoje as pessoas buscam um trabalho que compreenda 6 dimensões do processo,  comparado com o método de planejamento  5w e 2h :

What –  O quê vou fazer? / Where – Onde vou trabalhar? / How – Como vou trabalhar?/  When – Quando vou trabalhar? /  Who – Com Quem vou trabalhar? / Why – Por que faço meu trabalho? / How much – Quanto vou ganhar para fazer meu trabalho?

A escolha se tornou muito mais criteriosa em busca de um trabalho que tenha significado.

As pessoas procuram trabalhos que ofereçam mais liberdade de ir e vir, com propostas remotas e hibridas, que tenham um propósito  que ajudem o mundo torna-se melhor, que a execução da atividade as deixem felizes e satisfeitas, com um ambiente diverso e saudável, com promessa de um clima de colaboração, bom relacionamento e ética, bem como, que tenha um líder admirável que lhe de espaço para trazer seu pensar e suas crenças.

Esse é o grande desafio da liderança, que valorize as habilidades emocionais – soft skills e que fortaleça as hards skills, porque esse mundo precisa de muitas novas formas de fazer as coisas, necessita de profissionais com conhecimento para acompanhar as mudanças e resolver problemas complexos, da mesma maneira que acompanhe o comportamento humano com empatia, flexibilidade e inteligência emocional.

Brasil, fevereiro 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *