“A igualdade pode dar força às  mulheres, e as mulheres com força mudarão o mundo.”

As constantes contribuições humanitárias de Bill Gates, fundador da Microsoft, são conhecidas por todo mundo, o bilionário investe em causas ligadas ao meio ambiente, sustentabilidade, erradicação de doenças e incentivo ao empreendedorismo. No entanto, pouco se fala  sobre a participação de sua esposa , Melinda Gates nisso tudo.

Guiados pela crença de que todas as vidas têm o mesmo valor, Melinda Gates e seu marido, têm trabalhado para reduzir as desigualdades ao redor do mundo. Em seus esforços para acabar com a pobreza, uma questão foi se tornando cada vez mais clara para Melinda: para mudar a vida de uma comunidade, o ponto de partida crucial é o empoderamento das mulheres e o fortalecimento de sua autonomia na sociedade. O livro de estreia de Melinda Gates é um necessário e oportuno chamado à acção pelo empoderamento das mulheres, com dados chocantes sobre as causas que, nos dias de hoje precisam de mais atenção: desde o casamento infantil  a falta de acesso das mulheres à educação e saúde até à desigualdade de género no mercado de trabalho e à importância das mulheres na construção de um futuro tecnológico. Pela primeira vez conhecemos a mulher por trás da filantropia e, pela primeira vez, Melinda escreve sobre sua vida pessoal, sua história e as dificuldades que supera dia a dia na busca por equidade no próprio casamento. Ela conta as lições mais emocionantes que aprendeu com as pessoas extraordinárias que conheceu ao longo de sua jornada, as experiências transformadoras que viveu e os desafios que enfrentou nessas quase duas décadas de atuação junto à Fundação Bill & Melinda Gates.

Umas das lições a reter do livro é  de que o empoderamento feminino é o grande propulsor da transformação social. A autora defende que  não é necessário esperar por um grande acontecimento para que seja possível lutar pela igualdade de gênero. O primeiro passo, afirma, está na autoanálise.

 Em Ganhar Asas e voar  Melinda conta as histórias das pessoas inspiradoras que conheceu através do seu trabalho em todo mundo, entrelaça dados decisivos com um relato corajoso, repleto de vulnerabilidade. Este é um daqueles raros livros que permanecem no coração muito depois da última página.”“Quando você educa mulheres, educa todo mundo – famílias, comunidades, países inteiros .”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *