O guia clássico para a leitura inteligente..

No dia 23 de Abril celebramos o dia mundial do livro, por isso nada melhor do que recomendar um clássico para ler melhor.Publicado originalmente em 1940 ”Como ler livros” tornou-se um fenômeno raro. Trata-se do melhor e mais bem-sucedido guia de compreensão de leitura para o leitor comum.

A obra está dividida em quatro partes que são:

  1. As dimensões da leitura;
  2.  O terceiro nível da leitura: A leitura Analítica;
  3. Como ler diversos assuntos;
  4. Os fins últimos da leitura

Todo alfabetizado sabe ler até certo ponto, mas como esse ponto pode estar muito baixo, é preciso melhorar a habilidade de leitura em geral.Nós lemos por três motivos básicos:

  1. Entretenimento;
  2. Informação;
  3. Conhecimento.

O objectivo de um leitor, determinará a maneira como lê.

“ Os livros são capazes de elevar a nossa mente de um estado de entendimento inferior para um estado de entendimento superior”.

Isto só será possível trilhando um caminho específico, com 4 níveis:

Leitura Elementar: Neste nível a pessoa deixou o analfabetismo e tornou-se alfabetizada.O leitor é capaz de responder a pergunta” O que diz a frase?”.

Leitura Inspecional: Nesse nível o objectivo é extrair o máximo possível de um livro num determinado período de tempo que em geral é relativamente curto. O leitor procura aprender tudo o que a superfície do livro pode nos ensinar e a pergunta que deve ser capaz de responder é “ O livro é sobre o quê?”.

Leitura Analítica: É a leitura completa, intensa e ativa. O livro é “mastigado e digerido”.

Leitura Sintópica: É a leitura de muitos livros, ordenando-os em relação ao assunto principal abordado em todos. A comparação entre eles é feita e a partir dela pode surgir uma análise que não está em nenhum deles.

Para compreender melhor o livro e lembrar-se do que foi lido ao terminar uma obra, é fundamental responder às quatro questões seguintes.

  1. O livro fala sobre o quê?
  2. O que exatamente está sendo dito, e como?
  3. O livro é verdadeiro? Em todo ou em parte?
  4. E daí?

Saber quais são as quatros perguntas básicas não é suficiente. Você deve lembrar-se de perguntá-las à medida que lê.Além de responder às quatro perguntas fundamentais, outra dica em Como Ler Livros é anotar nas páginas enquanto se lê.

De acordo com o autor, ao fazer isso pode-se tirar bons proveitos.

  • Escrever mantém o leitor desperto;
  • Ler é pensar e o pensamento se expressa na escrita;
  • Anotar ajuda a lembrar.

Dicas: Sublinhe, faça linhas verticais nas margens, asteriscos nas páginas importantes, números nas margens que fazem referências a outras partes do livro ou de outros livros, circule palavras-chave e escreva nas margens.“Ler é conversar com o autor”.

Sobre os autores

Mortimer J.Adler, filósofo, professor e teórico da educação norte-americana ( 1902-2001), autor de mais de 50 livros, na década de 1930, tornou-se professor da Universidade de Chicago, ajudando a fundar o institute for Philosophical Research da Universidade da Carolina do Norte, o Aspen Institute e o Center for Study of Great Ideas & Charles Van Doren filho de Mark Van Doren vencedor do prêmio Pulitzer na categoria de poesia; Graduou-se pela High School of Music & Art, com bacharelado em artes liberais e mestrado em astrofísica e doutorado em língua inglesa pela Columbia University.

Sugestão de Leitura por Bruno Sousa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *